Metade – O Outro Lado

 

As diversas formas de se contar sobre uma metade, que temos em nossa unidade, quer seja uma projeção, ou uma divisão interna, ou quem sabe um estado de passado/presente ou de presente/futuro. No fundo somos Uno, sendo tantos , “novo” ou “velho”, moderno ou ultrapassado. Com roupas e roupagens recentes ou desgastadas pelo tempo, mas o frescor de que somos nós, permanece.

A reflexão só ganha sentido se ouvirmos os poetas e seus conflitos, pois dizem muito, em tão poucas palavras, em ambientes, sociedades, contextos tão díspares e iguais, a alma (Anima) universal, dos sons que nos embalam na música da sexta. O breve instante de nos perguntamos: Quem somos nós? Quantos de nós há em nós? Quem é nosso Uno?Qual nossa síntese?

Viajemos

Fagner – Traduzir-se

 

Adriana Calcanhotto – Metade

 

Oswaldo Montenegro – Metade

 

Pink Floyd – Wearing The Inside Out

admin

Nascido em Bela Cruz (Ceará- Brasil), moro em São Paulo (São Paulo - Brasil), Técnico em Telecomunicações e Advogado. Autor do Livro - Crise 2.0: A Taxa de Lucro Reloaded.

Deixe uma resposta

Next Post

Os Caminhos do Papa Francisco e da Igreja

dom ago 4 , 2013
Share this on WhatsApp     A escolha de uma Papa é sempre cercada de mistérios e de acertos internos, acordos que dificilmente chegarão ao grande público, ficando restrito aos estudiosos e aos corredores da igreja, mas num nível extremamente diminuto. Exceto no conclave que escolheu Ratzinger, em geral o […]

You May Like

%d blogueiros gostam disto: