Golpe de Estado na Ucrânia, O que virá depois?

Acordo de paz não durou 10 horas, Golpe destituiu Presidente
Acordo de paz não durou 10 horas, Golpe destituiu Presidente

Escrevi esta semana que há um movimento no mundo em Busca do CAOS (À Busca pelo CAOS), tenho uma longa série caracterizando estes movimentos do chamado “Novo” que alguns ativistas digitais acha que é “deles”, que o Facebook ou Twitter faz Revolução. Que foram as redes sociais que fizeram a revolta na Tunísia, Egito, Turquia, Brasil, Ucrânia e Venezuela. Celebraram, recentemente, apareceu até um mapa da #ruas e revoltas, mas fogem como o diabo da cruz para comentar os resultado práticos de cada país, quem assumiu o controle, quem alimentou/ alimenta os mascarado.

Volto ao mesmo ponto, agora diante da queda do Presidente da Ucrânia, o que de fato acontece no mundo? Para Cyberativistas é “Revolução” no mundo real é Golpe de Estado?Assistimos a mais um Golpe de Estado na Ucrânia, imagina quem está por trás das manifestações, aqui saudadas pelos cyberativistas como “revolução”. E agora? Nenhum deles vai ficar postando as “revoltas digitais” que tudo é por obra e graça das redes sociais? Sejamos francos, um presidente eleito, goste-se dele ou não, foi apeado do governo, o que virá depois?

As forças que não aceitaram o acordo firmado ontem eram justamente a liderada pelo “Setor Direita” uma organização fascista que assumiu a frente das manifestações em Kiev. O que esperar daqui para frente? Eleições em maio sob o signo do Golpe. Vimos isto no Egito, governo eleito não durou um ano e os militares assumiram o controle. A Especialista Solange Reis fala da situação da Ucrânia em que coloca a exata questão do Golpe patrocinado pela UE e EUA. Ouça aqui via Opera Mundi.  Segundo o site EuroNews, começou a caçada armada ao ex-presidente  Viktor Yanukovych( Leia aqui – Ucrânica: manifestantes têm o controlo de Kiev e procuram Yanukovych )

Há um centro difusor de golpes pelo mundo, são nossos velhos conhecidos de sempre, esquecem esta papagaiada de “revolta digital”, a coisa passa bem longe do Facebook ou do Twitter. A vida real é outra, estes caras serviram apenas de meio para que os golpistas de antanho controlassem as rédeas. Como diz a reportagem do EuroNews que “Organizados em grupos de auto defesa estas milícias invadiram a residência de Yanukovych ao mesmo tempo que a oposição política exigiu no parlamento, novas eleições presidências e legislativas para maio”.

A próxima vítima será a Venezuela? O caminho desta “tática espontânea” passa pelo Brasil? Vamos ficar batendo palmas para loucos, mascarados sem compromisso com a democracia e com o povo?

3 thoughts on “Golpe de Estado na Ucrânia, O que virá depois?”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: