Michael Jackson, Cinco Anos Depois…

O gênio maior da música pop mundial, cinco anos depois...o enorme vácuo.
O gênio maior da música pop mundial, cinco anos depois…o enorme vácuo.

“I’m gonna make a change
For once in my life
It’s gonna feel real good
Gonna make a difference
Gonna make it right”

( Man in The Mirror – Compositor: Siedah Garrett And Glen Ballard.)

O ser humano pode carregar em si todas as contradições possíveis, ser vários e apenas um, ser forte e frágil, genial e fútil, espetacular e ridículo. Apresentar para milhões e ser completamente sozinho. Captar tantos ventos e temporais, transformar tantos vetores em arte pura, rara e sutil, fazendo da vida algo incrível e inacreditável. Seduzindo a todos com suas ideias e seus conceitos, mas se isolando numa fuga da vida real, pois descobriu que viveu para o imaginário, não para o concreto.

Estava vendo um documentário (Bad 25) dirigido por Spike Lee sobre o disco Bad, de Michael Jackson, hoje, o dia em que completa cinco anos de sua partida para o eterno imaginário, me dei conta de todas estas somas de contradições, descritas acima, estavam naquele que foi a maior e mais criativa estrela pop do mundo. A extrema capacidade criativa de Michael Jackson é retratada em cada detalhe neste filme, cada música, cada letra, cada dança, passo de coreografia, roupa, arranjo, harmonia.

O auge de um gênio, que depois do magistral Thriller foi capaz de inovar, renovar e surpreender, óbvio que o mundo era outro, a aceitação não foi a mesma, mas para muitos este é o disco mais bem elaborado tecnicamente, nada fora do lugar, resultado de mais de três anos de experimentação, inspiração, sacadas e muita, muita transpiração. Cada mínimo detalhe foi pensando, corrigido, refeito, coisa de artesão, de artista metódico e que buscava a perfeição.

O legado de Michael Jackson na música mundial é incontestável, a despeito de todas as contradições de sua trágica vida, a sua doença, manias, aceitação de si ou negação,  quando,ao mesmo tempo embranquecia, se preocupava com a sua raça, seu povo, as visitas à África, o amor ao Mandela. Uma relação atormentada consigo mesmo, de um ser iluminado, genial.

Seria mais simples julgá-lo e condená-lo sob nossos padrões de valores morais e éticos, sem jamais compreender que somos o que somos, mas que dentro de nós cabe tantos EUs, que “dominamos” por nossa tola racionalidade e com nossa autoridade (ou seria autoritarismo) queremos impor a todos e a qualquer nossa régua, nossas medidas e nosso metron.

Viva Michael Jackson, que a vida nos deu e levou por um tempo tão curto, mas deixou uma marca tão grande, quase insubstituível. Na incrível letra de “Man in the mirror”, está ele todo ali somado.

As I turn up the collar on
My favorite winter coat
This wind is blowing my mind

I see the kids in the streets
With not enough to eat
Who am I to be blind?
Pretending not to see their needs

A summer disregard
A broken bottle top
And a one man soul

They follow each other on the wind, ya’ know
‘Cause they got nowhere to go
That’s why I want you to know

I’m starting with the man in the mirror
I’m asking him to change his ways
And no message could have been any clearer:
If you wanna make the world a better place
Take a look at yourself and then make a change

I’ve been a victim of a selfish kind of love
It’s time that I realize
That there are some with no home
Not a nickel to loan

Could it be really me
Pretending that they’re not alone?

A willow deeply scarred
Somebody’s broken heart
And a washed-out dream

They follow the pattern of the wind, ya’ see
‘Cause they got no place to be
That’s why I’m starting with me

I’m starting with the man in the mirror (Oh!)
I’m asking him to change his ways (Oh!)
And no message could have been any clearer:
If you wanna make the world a better place
Take a look at yourself and then make a change

I’m starting with the man in the mirror (Oh!)
I’m asking him to change his ways (Oh!)
And no message could have been any clearer:
If you wanna make the world a better place
Take a look at yourself and then make that CHANGE!

I’m starting with the man in the mirror
(Man in the mirror – Oh yeah!)
I’m asking him to change his ways (Better change!)
No message could have been any clearer
(If you wanna make the world a better place)
(Take a look at yourself and then make the change)

(You gotta get it right, while you got the time)
(‘Cause when you close your heart)
You can’t close your, your mind!
(Then you close your mind!)

That man, that man, that man, that man
With the man in the mirror
(Man in the mirror, oh yeah!)
That man, that man, that man
I’m asking him to change his ways (Better change!)
You know… that man

No message could have been any clearer
If you wanna make the world a better place
Take a look at yourself and then make the change

I’m gonna make a change
It’s gonna feel real good

Come on! (Change)
Just lift yourself, you know
You’ve got to stop it, yourself!
(Yeah! Make that change!)

I’ve got to make that change, today!
(Man in the mirror)
You got to, you got to not let yourself, brother
(Yeah! – Make that change!)

You know, I’ve got to get
That man, that man… (Man in the mirror)
You’ve got to, you’ve got to move!

Come on! Come on! You got to…
Stand up! Stand up! Stand up!
(Yeah! – Make that change)
Stand up and lift yourself, now!< /span>
(Man in the mirror)

(Yeah! – Make that change!)
Gonna make that change.
Come on! (Man in the mirror)

You know it! You know it
You know it! You know it
(Change) Make that change

 

Imagem de Amostra do You Tube

One thought on “Michael Jackson, Cinco Anos Depois…”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: