Carta de Temer é seu Passaporte para Líder do Golpe.

Temer deu um Golpe certeiro com a Carta.
Temer deu um Golpe certeiro com a Carta.

Depois de refletir bastante, sem o calor do momento, volto atrás no que escrevi, a Carta de Temer é brilhante e extremamente eficaz para o objetivo a que se destinava: Ele se mostrar como Líder e alternativa à Dilma, e encabeçar o processo de Impeachment, em curso. Esqueçam todas as infantilidades, as passagens com erros, confusas, a carta não era para nós, ela era para o “Baixo Clero” do Congresso, quanto mais estúpida, mais perfeita.

Michel Temer fez a carta(?), não para Dilma, mas para dialogar com seu público, típico de novela das 8, que adora uma futrica, uma fofoca, uma cena de ciúme (mesmo que fingida), que se compadece com alguém diminuído, exatamente a mentalidade da base que Cunha dirige no congresso. NENHUM deles tem qualquer dote intelectual, formação crítica ou moral que vá além da consciência das novelas globais.

Ouso dizer que a carta é o Programa Temer, ou melhor, o Passaporte de Temer para liderar o Golpe. Tudo muito bem calculado, pois Cunha pode cair a qualquer momento, mas se consolidou um substituto, sem o peso ruim de Cunha. Em menos de 24 horas ela já produziu estragos enormes, de uma só vez, inspirado por ela, Temer se fez líder de 272 votos na câmara, causou a queda de Picciani da liderança do PMDB, que era o aliado principal de Dilma contra Cunha, deu a confiança aos Golpistas de que ele, Temer, é um dos nossos, diria mais: O General.

Enganei-me, assim como a maioria de nós, que tomamos a carta como uma piada, uma pilhéria, fruto de um velho senil invejoso, não é isso, é um muito mais, é um ardil incrivelmente bem elaborado. Infelizmente, nos fez de bobos, nossa arrogância não nos permitiu ver a que veio essa Carta. Tratamo-la como uma piada de mau gosto, rimos bastante, memes, mas ela pode ter selado o destino dos 13 anos de governo do PT.

Temer, ou quem quer que seja que a escreveu, contava com essa nossa reação arrogante, sabia perfeitamente que somos vaidosos a ponto de nos cegar, enquanto a carta que aparentemente o diminuía, o fez ENORME. Antes da carta, o jogo era entre Dilma e Cunha (aliado de uma oposição oportunista, sem votos). Agora, com ela, temos um líder, um roteiro de novela, um cara que foi humilhado por Dilma, que diz publicamente isso, admite sua figura decorativa, mas que quer se tornar grande, uma virada espetacular, como nas novelas, depois de tanto sofrer, uma redenção.

Temer, e seus aliados, devem estar rindo de nossa cara, bem feito, em política real, pouco importa a velocidade das coisas, da modernidade, o que conta mesmo é como você se comunica, a carta pode ter um efeito muito mais explosivo do que todas as hashtags juntas dos últimos anos.

Faço mea-culpa, envergonhado.

2 thoughts on “Carta de Temer é seu Passaporte para Líder do Golpe.”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: