Poupa Tempo ou Perca Tempo?


Poupa Tempo? A sobrecarga de serviços fez perder a capacidade de atendimento célere.

A burocracia, estatal ou privada, sempre dá um jeito de criar dificuldades para a população, para que se dependa da boa vontade dela e se consiga o atendimento a um serviço, mesmo quando o acesso ao serviços seja via internet, invariavelmente, há um ou outro detalhe que não fica claro, ou a falta de uma  informação e que raramente nos sites, nos aplicativos, seja possível resolver sem ajuda de um “colaborador”.

Lógico que a insegurança e o receio de que tomando uma decisão, o cidadão pode se prejudicar, pagar um valor incorreto ao gerar uma conta, ou que a marcação de uma consulta não é exatamente a desejada, por exemplo. Hoje é quase impossível ser atendido via fone, ou quando se tenta, as gravações encaminham para o site, ou aplicativo, quando não, promete alguém para ouvir e a chamada caí no limbo de longas esperas ou acaba sendo desligada “automaticamente”. Quando não, o 0800 não pode ser acessado via Celular.

É uma lástima.

A “solução” do governo de São Paulo, foi criar uma praça de serviços, chamado “Poupa Tempo”, claro, terceirizado, dentro de prédios públicos ou privados. O que era solução tem virado um problema, Uma gama imensa de serviços foi passada para o sistema e os mais urgentes, como emissão de documentos essenciais ficam relegados e com tempo longo para emitir e receber. Detran, Sabesp, por exemplo, desativaram serviços próprios de atendimentos, agora apenas via Poupa Tempo.

Utilizar o Poupa Tempo tem sido uma saga, primeiro para encontrar data e locais para atendimento, o maior deles, na Praça da Sé, parece claramente esgotado, com filas enormes, gargalos e dificuldade de atender a enorme demanda, e há muitas reclamações, de demoras, de que incerteza de que emissões de documentos sejam entregues em tempo razoável, de que o nome deveria mudar para “Perca Tempo”.

É preciso reconhecer que há boa vontade, funcionários esforçados e prestativos, que dentro de suas condições de trabalho procuram fazer o melhor, mas a máquina gigante e a quantidade serviços agregados, pelo interesse financeiro da terceirização, tem prejudicado o atendimento, especialmente dos serviços mais essenciais.

Ir ao Poupa Tempo é sempre uma “aventura”, uma certa tensão, desde o acesso ao site, até a chegada ao balcão, não tem como escapar.

Rende também ótimas histórias, conversar com as pessoas na fila, ouvir o que elas reclamam da burocracia, dos impostos, dos governos, dos valores das contas, os erros repetitivos delas, de como não são atendidas e outros folclores, como a de que “advogados” sabem tudo para driblar a burocracia, fiquei em silêncio ouvindo, de que o não atendimento ou os erros geram indenizações. Outros reclamam que nem a justiça do trabalho podem ir, pois tem que pagar o advogado e se perder, o patrão.

A minha ida ao Poupa Tempo foi para entregar em papel, o mesmo documento que tinha enviado via digital no site do Detran, é bizarro demais.

 Save as PDF

Deixe uma resposta

Related Post

%d blogueiros gostam disto: