Dória Jr, a volta dos que não foram!


 

Bolsonaristas em 2018, voltarão ao criador em 2022, contra Lula?

Nos anos de 1970 tinha um folclórico atacante no futebol nordestino cujas declarações engraçadas valiam mais do que suas grandes jogadas. Certa feita fez um golaço num clássico local e ao sair de campo, um jornalista pede uma explicação da jogada espetacular, ele, bem simplório responde: “Eu fiz que ia, não fui e acabei fondo“. 

Foi mais ou menos o que o Governador João Dória Jr fez ontem, amanheceu espalhando as manchetes de que tinha desistido de sua pré-candidatura à Presidência da República, no meio dia, um ensaio de que não era bem assim, para no final do dia, aparecer como candidato a candidato, desistiu da desistência e acabou “fondo”.

A jogada de marketing contou com a providencial assessoria de imprensa da grande mídia brasileira, desesperada por uma “terceira via”, que não se concretiza, e as tvs e jornais, aceitam todas as matérias, tão carentes de novidades e viabilidade de seus candidatos de confiança: Dória, Moro, Leite, Simone e até Cirão da Massas, que falta faz um Cabo Daciolo?

De certa forma, Dória Jr, de uma tacada só, eliminou Eduardo Leite no PSDB, atraiu Moro para uma armadilha, pois ele não tem o entendimento do jogo político jogado, deixou o partido que lhe pagava um alto salário, que apostou forte na candidatura do ex-juiz, mas que ele fez questão de abandonar, foi para o obscuro União Brasil, o partido dos bolsonaristas arrependidos.

Moro será apenas candidato a deputado federal, por São Paulo (por que SP aceita esses forasteiros?)? Ou trairá mais uma vez? Moro cumpriu todas traições previstas por Dante no Inferno: Antenora (Traidor da Pátria, Brasil), Tolomea (traidor dos anfitriões, a empresa que o contratou), Caína (traidor do seu irmão-siamês – Bolsonaro) e Judeca (traidor do seu líder, Álvaro Dias).

Claro que Dória Jr tentará ser herdeiro dos “votos” do ex-juiz, o que será que acertou com ele? Vai lhe prometer uma vaga de Ministro da Justiça num governo sem ser figura decorativa humilhante que o Bolsonaro o transformou? Depois a sua indicação para ministro do STF, que Bolsonaro prometeu e não cumpriu? O salário que Moro recebia no Podemos, será pago no União Brasil ou por Dória Jr? E a casa que ele ia morar em São Paulo?

A esperteza do ex-governador Dória, numa hora dessa já renunciou ao governo de São Paulo, é tentar pelo menos influenciar nas eleições atuais, esperando algum desastre grande que o viabilize, está pensando em 2026. Dória já tinha passado a perna em Alckmin em 2018, quando fez o acordo “BolsoDória”, já no primeiro turno, e vai se consolidando como um dos líderes da Direita ultraliberal, que não xinga e sabe comer com talheres, mas no fundo tem os  mesmo valores de Bolsonaro e companhia.

Aliás, essa é a grande dificuldade de uma terceira via, a similaridade dos candidatos e suas identidades com o Bolsonaro, TODOS eles, Dória, Leite, Simone e Moro, foram bolsonaristas em 2018, difícil se diferenciar depois, a “traição” não é bem vista em política. No caso do Cirão das Massas, o problema dele é de falar demais, se diz de esquerda, mas não apoiou Haddad contra o Bolsonaro, vive xingando Lula e o PT, não consegue dialogar nem com a esquerda e não é confiável para a Direita, o peixe morre pela boca.

O cenário eleitoral, por conseguinte, parece caminhar para um afunilamento no primeiro turno, o crescimento de Bolsonaro nas pesquisas indicam uma polarização prévia, sem candidatos com viabilidade ou com pontuação acima de 10%, pode ser que as eleições se definam na primeira votação.

Nesse sentido, o cenário para a esquerda, é de que Lula tente atrair votos que estão com o Cirão da Massas e parte pequena do centro, a vida de Alckmin talvez ajude nesse caminho. Quanto ao Bolsonaro, seu gabinete do ódio sabe explorar o “medo ao PT” e esvaziará os votos da Direita bolsonarista envergonhada, eles odeiam mais o PT do que o Bolsonaro.

Mais emoções nas próximas pesquisas, que aferirá a saída de Moro e a entrada efetiva de Dória Jr.

 Save as PDF

Deixe uma resposta

Related Post

%d blogueiros gostam disto: