Viver olhando o retrovisor ou achar que o passado, não vivido por nós, é sempre melhor, cria certa ilusão de presente e futuro, como se a vida real e concreta fosse ruim ou por outro lado de que nossa existência é pouco significativa, pois tudo de bom já fora feito […]