O mundo é tão grande, mas somos tão pequenos. Olhando para dentro de nós, percebemos que também nosso mundo interior é gigante, mas o tamanho de nossa consciência é mínimo. As proporções, entre mundo todo e nós e de nosso ser e nossa mente estão em razões diretas e […]

“So lately, been wondering Who will be there to take my place When I’m gone, you’ll need love To light the shadows on your face If a great wave shall fall And fall upon us all Then between the sand and stone Could you make it on your own” ( Wherever […]

Hoje, finalmente, senti o frescor da primavera em São Paulo, caminhando pelas ruas do Brooklin, em direção ao meu trabalho, aquele vento leve com sol morno, que propiciou enorme prazer naquele andar. Os pensamentos fervilhando e a doce manhã me envolveu numa paz, que nem percebi a rapidez com que […]

  Um blog se torna uma ferramenta de suas memórias afetivas/eletivas ou de suas memórias ficcionais, a diferença de escrever um livro é o tempo e o espaço, aqui se escreve sem a preocupação posterior das duas possibilidades, a eternidade da obra ou o lugar que ocupará na história. As […]

1

  “Por una cabeza De un noble potrillo Que justo en la raya Afloja al llegar, Y que al regresar Parece decir: No olvidéis, hermano, Vos sabés, no hay que jugar”. (Por Una Cabeza – Carlos Gardel e Alfredo Le Pera) Ontem no ballet das minhas ouvi um tango, não […]

1

“E tudo que nos parecia sólido, sumiu ao vento como nossos anelos” (Macbeth – W. Shakespeare) Neste fim de semana tive o imenso prazer de almoçar e depois tomar café até umas nove da noite com dois grandes amigos. Foi um longo papo que, além de revigorar a amizade, serviu […]

    So, so you think you can tell Heaven from Hell Blue skies from pain Can you tell a green field From a cold steel rail? A smile from a veil? Do you think you can tell? (Wish you were Here – Pink Floyd) Véspera do aniversário de quatro […]

4

No próximo dia 23 de Novembro este blog completa quatro anos de existência e o texto de comemoração do blog é a fusão dos artigos dos aniversários anteriores, de dois e de três anos. Não, não foi apenas por preguiça de escrever coisas novas, inéditas, mas é porque aqueles textos continuam […]

2

Em Busca de um Caminho ( The Way) é um filme de 2010 que não me lembro de ter passado em cinemas ou que tenha visto em qualquer locadora, portanto não o conhecia, até ontem. Domingão a noite, fim de feriado, aquela angústia de começar mais uma semana de trabalho, não […]

  A música de quinta ou sexta, que tanto me apraz será com Diego El Cigala ou Diego Ramón Jiménez Salazar, nascido em 1968, em Madri, Espanha, no seio de uma família que mistura ciganos e intelectuais, se tornou uma espécie de continuador da arte de Camaron de La Isla, com suas […]

1

    Uma imagem que fala tudo, um revival a ex-URSS. O ursinho Micha chora ao final das Olimpíadas uma coisa linda que até hoje me emociona fortemente, quem viu ao vivo jamais vai esquecer, ninguém também conseguiu nada parecido depois, em nenhum evento global. Foi algo simples, tocante e […]

Crisis? What Crisis? Este é o nome do espetacular álbum do Supertramp de 1975, uma doce provocação ao que se vivia no mundo, a grande Crise, que se iniciara em 1968, mas se tornou manchete em 1974 com o nome de “Crise do Petróleo”. O disco é para ser ouvido como […]