3

“Bendita a lâmina grave que fere a parede e traz As febres loucas e breves que mancham o silêncio e o cais” (Corsário – Aldir Blanc) A partida de um grande Bardo, como Aldir Blanc, abre uma dura reflexão sobre todos nós que teimamos em escrever, para nós é preencher […]

‘A noite e o inferno à luz hão de trazer meu plano eterno” (Otelo – W. Shakespeare) Por razões aleatórias, voltei a pensar em Otelo, fazia tempo que não trabalhava nada naquele universo tão especial e particular. Mas uma questão antes me desperta, o temor comum das pessoas, em achar […]

“Não quero o que a cabeça pensa eu quero o que a alma deseja Arco-íris, anjo rebelde, eu quero o corpo tenho pressa de viver” Ora, nesse momento de minha vida, encontro uma enorme identificação com meu conterrâneo, o sobralense, que era um baita poeta, um grande filósofo, um puta […]

“São treis sorte são treis sina na istrada dêsse cristão são treis irirmã granfina e de punhal na mão” (Gabriela – Elomar) Deveria estar escrito em algum lugar, uma lei especial, um mantra, uma oração, um ditado, que diga: O ser humano não pode dizer que viveu, se não conhecer […]

2

“Vestidos de farrapos, sujos, semi-esfomeados, agressivos, soltando palavrões e fumando pontas de cigarro, eram, em verdade, os donos da cidade, os que a conheciam totalmente, os que totalmente a amavam, os seus poetas”. (Capitães de Areia, Jorge Amado). Ainda hoje trago comigo as imagens que criava ao ler Capitães de Areia como […]

“Adeus, ó livros, da sapiência fontes! Adeus, ó grande livro do Universo!” (Paraíso Perdido – John Milton) Duas semanas de violentas pancadas políticas, daquelas que reduzem suas “ilusões a pó”, que me tiraram do prumo. Felizmente a literatura cura nossos males, aí comecei a ler Hereges, de Leonardo Padura, aquele […]

Estava no metrô, lotado, ouvindo música no celular, seleção aleatória, de repente começa a tocar Shine On You Crazy Diamond (Parts I-V) – Pink Floyd – Wish  You Were Here, sou arremessado a uma viagem ao passado, uma noite, uma casa velha no centro de Florianópolis (SC), uma banheira antiga, um […]

1

No meio desta tempestade toda, de uma dura campanha eleitoral que ameaça o Brasil de voltar às trevas, combinado com uma doença grave de meu amigo e cunhado (esposo de minha irmã), encontrei um espaço para viajar nas ideias e sonhos, pois fui ler um pequeno livro com palestras do […]

Enquanto escrevo, ali no Youtube toca “A Whither Shade of Pale”, numa performance fantástica de King Curtis, outro presente do meu amigo Ricardo, quando soube que gostava da música, ele me enviou esta verdadeira joia. A música de fundo embaralhou algumas ideias e tornou bem mais claras outras, pois o […]

2

O bairrismo cearense e sua birra com Pernambuco sempre teve um ar de folclore, então dizíamos que os maiores personagens daquele “estado vizinho da Paraíba”, tinham nascido cearenses: Miguel Arraes e Dom Hélder Câmara. O terceiro era paraibano, Ariano Suassuna. Claro que fazíamos questão de esquecer-se do grande Luiz Gonzaga, […]

Voltei a ler as Revistas do TEX, o herói ranger dos EUA criado pelos italianos Giovanni Luigi Bonelli e Aurelio Galleppini(Galep) são parte viva da minha fase infanto-juvenil, como disse no post Cheiro e Sabores dos Livros sobre minhas leituras de Tex: “aí fui mais longe ao rememorar as minhas mãos suadas de […]

Devo admitir que tenho verdadeira fixação por alguns livros, que recorro incessantemente a eles em tantos momentos da vida, principalmente nas incertezas mais cruéis, poderia nomear uns dez títulos que, no limite, me salvaram de mim mesmo. Os mais importantes levava comigo por todos os lugares, com receio de que […]