Pai Herói – Por Luana Rocha

 

Luana e Eu

 

Carta da Luana Rocha, 11 anos,  minha filha mais nova, para amassar meu coração, neste dia especial.

 

Carta da Luana

 

 

Pai Herói

“Nunca pensei em meu pai ser um herói. Nunca o imaginei com aquelas malhas de super-heróis e aquelas capas.

Meu pai trabalha numa empresa e sofre muito. Olhando por este ponto de vista, eu imagino que meu seja herói e seu patrão, o vilão. Mas não é aí que quero chegar

Bom eu sempre vi meu pai como “bonzinho”. Por exemplo, um dia eu cheguei em casa e disse que queria fazer uma mecha. Ele falou que era uma ótima ideia. Já minha mãe, disse “nem pensar”.

Ele também sempre me põe para dormir, e é o único que sabe me cobrir direito. Ele é quem me estimula o meu lado criançona e eu gosto disso. Ele é quem me levou ai meu primeiro jogo de futebol. Ele é quem me dá mesada. Ele é me ajuda nos meus Blogs. E também, sempre que está frio me empresta sua jaqueta presta que em mim fica GIGANTESCA.

Quando eu era pequena, ele é quem cuidava de mim. Sempre ele me colocava em suas costas e ficava falando: “Cadê a Luana? Eu não estou tô achando a Luana”. Aí eu dizia: “Tô aqui papai” e então ele dizia: “Aqui tem uma boneca nas minhas costas, me ajudem”.

Meu pai não é um herói, que salva o mundo e tal! Ele é meu herói e para mim é só isso que importa”!

 Save as PDF

4 thoughts on “Pai Herói – Por Luana Rocha”

Deixe uma resposta

Related Post

NuNu

Share this on WhatsApp  Rembrant   “o que se tem, é tudo que se precisa” (Filosofia Zen)   As palavras nem sempre traduzem o que efetivamente sentimos, ou o que

%d blogueiros gostam disto: