Documentário sobre Wish You Were Here

A capa do documentário Wish You Were Here
A capa do documentário Wish You Were Here

Achei outro material espetacular sobre o Pink Floyd que trata da gravação do famoso álbum “Wish You Were Here”, aquele do homem pegando fogo na capa, um dos melhores trabalhos deles. O ambiente era complicado demais, em dois anos o Pink Floyd deixara de ser banda “alternativa” para o topo, a banda das bandas. O album “The Dark Side Of the Moon”, de 1973,  havia de tornado o campeão de vendas e a turnê a de maior sucesso até então.

Os fãs, os empresários, a gravadora e os próprios artistas cobravam a continuação daquele imenso sucesso, mas ao mesmo tempo se perguntavam se era possível fazer algo tão espetacular como o anterior. A gravação é cercada por estas dúvidas e tensões. Ainda em 1974, nos últimos shows da turnê do The Dark Side, eles introduziram a viajante, mas ainda incompleta versão de Shine on You Crazy Diamond, a música que preparavam para o próximo trabalho, já estava ali na boca dos fãs, pelo menos a versão “beta”.

O documentário feito em 2012 traz exatamente aquela tensão da gravação, os depoimentos isolados de cada um dos Floyds vivos (David Gilmour, Roger Waters e Nick Mason), além de trechos de uma entrevista de 2001 de Richard Wright sobre a criação e refinamento de “Shine On”, as influências e a referência/reverência ao quinto Floyd, Syd Barret, afastado do grupo em 1967/68, por problemas com drogas e psíquicos.

A ida ao estúdio no início de 1975 e a “obrigação” de fazer um novo álbum não parecia tarefa simples, como se verifica nos depoimentos, não apenas deles, mas dos participantes, fotógrafos, engenheiro de som, editores e criadores conceituais da obra. Eles conversam sobre as cobranças e os detalhes mais sutis de cada música, de como elas eram gravadas, regravadas apenas por uma pequena nota fora do lugar, quase imperceptível, sem a tecnologia de hoje, apenas o ouvido atento e muito apurado para notar qualquer falha.

O exaustivo trabalho no estúdio, cinco meses de muita experimentação compensou bastante, pois, para mim, é a obra mais refinada, coletivamente, dos quatro cavaleiros fantásticos. Enquanto The Dark Side Of the Moon é inspiração completa, início meio e fim, o Wish You Were Here é a união da técnica à inspiração, os pequenos detalhes fazem a diferença, o documentário ajudou a entender bem a razão. Ainda não havia relação de mando no grupo, a participação coletiva e contribuição de cada um é que o tornou grandioso.

A lamentar não ter achado uma versão com legenda em português ou “traduzido”, o que dificulta o acompanhamento, habilitei as legendas em inglês para entender um pouco mais, mas vale o esforço. Além do documentário, há ainda um extra, que também publico aqui. Espero que se divirtam quem curte Pink Floyd ou não.

Pink Floyd The Story of Wish You Were Here 2012

Imagem de Amostra do You Tube

Wish You Were Here (extras)

Imagem de Amostra do You Tube

2 thoughts on “Documentário sobre Wish You Were Here”

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: