A Escavação


A Escavação uma grande obra sobre busca e vida.

A Escavação (The Dig, Netflix, 2021) é um filme britânico grandioso, uma história bem contada, um roteiro com diálogos densos e intensos, tem como pano de fundo os movimentos de Hitler que levariam à segunda guerra mundial, as invasões e o desprezo às ameaças britânicas.

O arqueólogo amador Basil Brown (Ralph Fiennes, em grande interpretação) é contratado pela jovem viúva Edith Pretty (Carey Mulligan) para fazer escavações em sua fazenda em Sutton Hoo (Suffolk), no que parece um cemitério arqueológico, sem precisão de época histórica, se de vikings ou de anterior.

Escavar é procurar pelo passado, é descer mais profundo na terra, causa tensão sobre o que encontrará, quais os segredos  que revelará, especialmente no momento em que na “terra firme”, a vida está em profunda ebulição, o risco iminente de uma guerra total, o que se discute é o presente e o futuro parece incerto, o que parece um contrassenso que se escalve o passado.

O filme mostra as micro relações sendo tratadas com tanta delicadeza e sutilezas, ao mesmo tempo que na conjuntura de tensão mundial, e era este ambiente, das relações amplas, deveria dar a tônica, pois o mundo está a ponto de explodir, numa guerra sem fim.

O geral e o particular, se misturam numa costura especial, cheia de nuances, que faz encantar. A volta ao passado é uma tentativa de encontrar uma certeza, uma origem que faça esquecer a tragédia que se aproxima, uma necessidade de se ter uma “boa notícia”, um contraponto ao desconhecido, da destruição de vidas, da incertezas que uma grande guerra trará.

A aristocrática sociedade inglesa com sua hierarquia própria, aquele mundo perdido, do interior, não pode ter direito as descobertas, é preciso controlar, ter o poder sobre tudo e todos, separar os pequenos, para que apenas os bem-nascidos podem ter grande reconhecimento, não aceita que um desconhecido tenha parte de algo maior, que fique no seu devido lugar.

Um grande filme, ótimos atores e atrizes, excelente direção de Simon Stone, os planos de filmagens com imagens espetaculares, recomendo demais.

 Save as PDF

One thought on “A Escavação”

Deixe uma resposta

Related Post

Nara LeãoNara Leão

Share this on WhatsApp Os anos voam para todos nós, nem me lembro direito, mas nas coincidências da vida, em 7 de junho de 1989 acertava definitivamente que me mudaria

%d blogueiros gostam disto: