As lágrimas do domingo são como pedágios de dores e frustrações e de perda. A saudade da Letícia vem de uma forma avassaladora, as lágrimas começam a cair molhando o rosto, quase não enxergo as letras enquanto estou a digitar essas toscas linhas, de desabafo e de derrota, de algo […]

“Perdida toda a sombra de esperança! Em vez de nós, expulsos, exilados, Criada já existe a prole humana, Prazer novo de Deus, e este amplo Mundo Para morada deleitosa dela” (Paraíso Perdido – John Milton) Domingo é o dia do “ato penitencial”, o dia do arrependimento, daquele sentimento de culpa, […]

Arquivos