Um Lugar – É preciso Desconhecer Pessoas.


Robin Wright estrela esse filme cheio de significados humanos.

Edee (Robin Wright) sente que não tem mais como partilhar nada de si e nem receber nada de ninguém, então decide sair da cidade, da civilização, para viver num lugar sozinha, apenas ela e a natureza selvagem, sem carro, energia elétrica, celular, amizades, sem contatos humanos de qualquer espécie, numa cabana na região das Rockies (na parte de Wyoming – EUA).

O filme Um lugar (Land) (no Telecine), dirigido e estrelado pela magnífica Robin Wright, é sobre as nossas rupturas internas e seus reflexos externos e com as pessoas em volta. De como nossa devastação emocional colide com a vida moderna, os sofrimentos produzidos e seus riscos (nas grandes, pequenas ou médias cidades).

O modo de vida moderno (mesmo em outras épocas) nos leva aos limiares da existência humana, cuja única saída é romper, sem nem saber o que buscar, apenas o silêncio ou outros barulhos, até mais incômodos, pois a consciência permanece e gritará mais alto. Mas é preciso viver, ou não viver, toda extensão de uma dor.

De outro ponto de vista, ainda que não se radicalize na ruptura, viver isolado (o que sempre parece uma boa ideia) quando se enfrenta uma tragédia pessoal, meu caso, por exemplo, uma saída é um novo comportamento social, algo como se fosse preciso desconhecer pessoas (individualmente) e conhecer grupos humanos (coletivamente).

Viver passa a ser dolorido, todas as contas, as obrigações, os pagamentos, os trabalhos (sempre mais difíceis) e os ganhos, as visitas e as ausências se tornam mais pesadas, os contatos. Não vivemos mais o “normal”, então a necessidade de dar respostas criam mais obrigações do que afeto, muitas vezes, visto que vivemos no vazio, morrendo de medo de que seja preenchido por qualquer coisa.

O filme aborda alguns desses sentimentos mais radicais, crus, cruéis e reais, ainda que não se busque, pode haver redenção, não apenas morte em vida.

 Save as PDF

Deixe uma resposta

Related Post

%d blogueiros gostam disto: