“Quem sabe a morte, angústia de quem vive” (Soneto de Fidelidade – Vinicius de Moraes) As redes sociais viraram o grande obituário da humanidade nessa Pandemia do Covid-19, dia após dia, as mensagens de luto e despedida, é o que se tem mais visto, sofrido, em 2020, o ano da […]

“Se não for sua intenção fazer aquilo que suas palavras demonstram, não me alimente com vãs esperanças” (Decameron – Giovanni Boccaccio) O vento sopra frio e entra pela janela do quarto/escritório, depois de mais um dia muito quente, o que confunde primavera com verão, nesse confuso tempo de São Paulo […]

“O drama da internet é que ela promoveu o idiota da aldeia a portador da verdade” (Umberto Eco) O Brasil, aliás, o mundo, entrou na Era da Imbecilidade, é um contexto bem próprio, pois a popularização da internet, via celulares, deu voz aos seres mais abjetos que existiam dispersos, agora […]

“Vamos tocar a vida” (Jair BolsoNERO, o #Genocida) Na verdade deveria ser, “vamos tocar a morte” (para debaixo do tapete), pois a vida tá difícil, apenas o auxílio Emergencial, criado e aprovado pela oposição, sustenta esse governo genocida, com 45% de aprovação. Entre piadas e largos sorrisos, BolsoNERO, diz que […]

1

“É preciso amar as pessoas Como se não houvesse amanhã Por que se você parar pra pensar Na verdade não há” (Pais e Filhos – Legião Urbana) A letra remete ao tempo presente, ao viver o dia como se fosse o último, como se não houvesse futuro, nem esperança, apenas […]

1

O Brasil passou do ponto, atravessou o Rubicão, ou qualquer definição vulgar ou sofisticada. Aqui não se trata de moralismo, o que sobrou de sentimento ao país foi o de cinismo, completo, sem nenhum pudor, espalhou-se em cima e embaixo, por todas as camadas sociais e políticas. Ri de tudo […]

“O curso de minha vida Chegou ao seu outono, à folha seca e esmaecida” (Macbeth – Shakespeare) Muitas vezes penso que esse Blog só sobrevive por muita teimosia minha, ele segue, apenas por essa obstinação, seria mais simples apagar tudo, esquecer e sumir ao vento como as bruxas de Macbeth. […]

“E após com ótimas armas Crono de curvo pensar, filho o mais terrível: detestou o florescente pai” (Teogonia – Hesíodo) Vivemos ondas de senoides sincronizadas que se somam e trazem resultados que colocam a humanidade em xeque. As várias frequências que entraram numa mesma sintonia, quase interferência, a vibrar num […]

  “Que nos ensine, pois, a ser pacientes a nossa provação, já que é desdita fatal dos namorados, como os sonhos, pensamentos, suspiros, dores, lágrimas, do pobre amor são companheiros certos” (Sonho de uma noite de Verão – W. Shakespeare) E tudo chega ao fim, pois há uma dialética nos […]

A fome fascista não tem limites. Esse reflorescimento do Fascismo ganhou impulso depois da crise mundial de 2008, quando o Estado mais uma vez salvou os bancos e empresas, criou mais bilionários e excluí de forma cruel os milhões de trabalhadores. Esse era o campo fértil para as ideias arrivistas, […]