4

  Ontem a noite fui ver as estatísticas do blog, deparei com dois artigos ( Análise de Ilíada/Odisséia – Visão Política e O Prometeu Acorrentado – Resenha e Análise) que sempre são acessados, praticamente todos os dias são visitados, por curiosidade fui procurar saber o por que. Então, pelo mecanismo de busca, […]

1

    Vários dias convivendo com uma tremenda chateação, mas prefiro nem tratar aqui, o tema, futebol, não vale a pena, se perde amigos e à razão, neste ambiente macartista predominante então, melhor o silêncio, a quase clandestinidade. Momentos assim você fica quase desacreditando na humanidade, ao mesmo tempo que é extremamente […]

2

  Infelizmente nunca tive talento para escrever ficção, pensar em algo além do que conheço, capacidade de imaginar ou criar fatos, personagens pessoas, situações, daí minha imensa admiração pelos mestres que escrevem livremente. Este blog me ajudou a superar a timidez de escrever, pelo menos no aspecto de contar velhas […]

5

    Meus amigos, aqui estamos, mais uma vez, procurando ideias para escrever, me vem à cabeça o célebre e folclórico Vicente Mateus, que marcou época no Corinthians, em particular por sua tiradas, como ele mesmo dizia que assumia qualquer uma, pois mesmo quando não era dele, atribuíam a ele […]

3

Às vezes temos que tomar dura decisões, como a de ontem de parar de escrever regularmente a série  Crise 2.0, ver o artigo Crise 2.0: O Momento de Parar, mas, lembro da frase do final do Hamlet, antes do embate com Laerte: “Se é agora é porque não pode ser depois, se […]

“Alegra-te Florença pois és tão grande que até pelo Inferno o teu nome se expande! Cinco eminentes florentinos encontrei naquele fosso, o que me fez sentir vergonha de ti”. ( Divina Comédia, Inferno – Canto XXVI) Bem, não teve jeito, dias assim, tensos, apenas a literatura salva, uma leitura de […]

    “ANTES DE MIM COISA ALGUMA FOI CRIADA EXCETO COISAS ETERNAS, E ETERNA EU DURO. DEIXAI TODA ESPERANÇA, VÓS QUE ENTRAIS!” (Divina Comédia – Dante Alighieri) Passei vários meses em 1991, de um lado para outro com a “Divina Comédia”( Dante), morava em lugares incertos, trabalhando em implantações de […]

      (Gustave Doré – Divina Comédia)   “Quando eu me encontrava na metade do caminho de nossa vida, me vi perdido em uma selva escura, e a minha vida não mais seguia o caminho certo”. ( Divina Comédia – Dante)     Dante, com seus 35 anos ou […]