“Vamos tocar a vida” (Jair BolsoNERO, o #Genocida) Na verdade deveria ser, “vamos tocar a morte” (para debaixo do tapete), pois a vida tá difícil, apenas o auxílio Emergencial, criado e aprovado pela oposição, sustenta esse governo genocida, com 45% de aprovação. Entre piadas e largos sorrisos, BolsoNERO, diz que […]

A pandemia foi a melhor notícia para BolsoNERO e sua trupe mambembe. Afinal toda sua a incompetência e incapacidade para administrar o país foi apagada. Por exemplo, o abutre Guedes pode mentir falando de que o Brasil estava em pleno voo, mas a pandemia o abateu, portanto, encontrou desculpa ideal […]

A inspiração nos métodos e nos objetivos da “Mãos Limpas”, nunca foram negados pelos membros, ainda é importante lembrar “toda tradução é um traição”, não foi diferente. A aparência da lava jato com Mãos Limpas se reduziu aos dois fatores e aos resultados funestos aos dois países. No meu livro […]

  “Homo sum: nihil humani a me alienum puto” (Sou homem: nada do que é humano me é estranho)  (Publio Terêncio Afro) Calma, não estranhe o título. Hoje é fundamental agradecer ao GENOCIDA, pois, sem ele, uma enorme gama de pessoas, parentes, amigos, conhecidos, famosos, (sub) celebridades, jornalistas, colunistas, políticos […]

1

“Não adianta nem me abandonar Porque mistério sempre há de pintar por aí Pessoas até muito mais vão lhe amar” (Esotérico – Gilberto Gil) Falar de Gilberto Gil para mim tem que primeiro contextualizar, e fazer arremessos ao passado, noções de presente e passagens de minha vida, especialmente minha relação […]

“Deus me deu perna comprida e muita malícia Pra correr atrás de bola e fugir da polícia Um dia ainda sou notícia” (Partido Alto – Chico Buarque) Hoje partiu o pequeno/grande Gabriel Rodrigues, militante estudantil e político de São Paulo, uma criança, 19 anos, provável que fosse candidato pelo PSOL […]

É chocante que no meio de uma pandemia, no dia (22.04), havia mais de TRÊS MIL MORTOS, o Presidente faz longa reunião e não trata do que aflige o Brasil e aos brasileiros, é sórdido que nada se fale, nada se diga sobre o centro do caos mundial. É feita […]

1

O Brasil passou do ponto, atravessou o Rubicão, ou qualquer definição vulgar ou sofisticada. Aqui não se trata de moralismo, o que sobrou de sentimento ao país foi o de cinismo, completo, sem nenhum pudor, espalhou-se em cima e embaixo, por todas as camadas sociais e políticas. Ri de tudo […]

  “Que nos ensine, pois, a ser pacientes a nossa provação, já que é desdita fatal dos namorados, como os sonhos, pensamentos, suspiros, dores, lágrimas, do pobre amor são companheiros certos” (Sonho de uma noite de Verão – W. Shakespeare) E tudo chega ao fim, pois há uma dialética nos […]

3

“Bendita a lâmina grave que fere a parede e traz As febres loucas e breves que mancham o silêncio e o cais” (Corsário – Aldir Blanc) A partida de um grande Bardo, como Aldir Blanc, abre uma dura reflexão sobre todos nós que teimamos em escrever, para nós é preencher […]