O fenômeno de ondas gigantes, que superam uma simples ressaca, elas se formam longe da praia e chegam enorme na costa, devastando tudo o que tem pela frente, não há diques que salvem. Vivemos algo parecido nas eleições, um tsunami de fakenews, combinada com uma frenética loucura de repasse indiscriminado […]

1

“Oh, da Poltrona” (Aragão, Renato) O comediante cearense tinha esse bordão para se dirigir ao seu público cativo e passivo em frente à tv, no final de domingo, naquela hora “morta”, melancólica, da segunda que nos ameaçava. Essa imagem, foi ultrapassada, rapidamente, em pouco mais de 20 anos, para um […]

3

“A felicidade corre sem parar Bela é uma cidade velha” (Frenesi – Petrucio Maia, Fausto Nilo e Ferreirinha) As redes sociais criaram uma superabundância de textos, ou textões, sem entrar no mérito deles, nem na qualidade, nem mesmo a quantidade de repetições/plágios. O que nos perguntamos é se vale continuar […]

“E, presságio fatal então colhendo, Deram-me de Pecado o triste nome: Habituados porém a ouvir-me, a ver-me, De mim gostaram; conquistei ovante Com minhas graças os contrários todos” (Paraíso Perdido – John Milton) Aqui jaz, não alguém ou ninguém, apenas ideia de uma vaidade intelectual que foi atropelada realidade. Aquele […]

1

“Tenho algumas feridas pelo corpo, que me doem, quando são relembradas” (Coriolano – W. Shakespeare) Sou teimoso, muito mesmo, não desisto fácil de alguma em que acredito. Admito que isso é um terrível defeito, a maioria detesta pessoas como esse tipo de perfil, paciência, no “meio do caminho da vida”, […]

5

“Meu talento inato não pode falhar E com a brisa do Jardim eu hei de voar.” (Ulysses, James Joyce) Nesse janeiro estou completando três anos de muita pancadaria em todas as frentes (Pessoal, Profissional, Política e Intelectual). Todas, nada passou impune, absolutamente, nada. São situações que qualquer um sucumbiria facilmente, […]

Estamos chegando ao final desse diário de bordo, de nossa maravilhosa ao Japão. Os dois últimos visitamos muitos lugares. Alguns inclusive que nem eu tinha ido antes, como a Tóquio Skytree a mais alta torre da cidade, em Asakusa. Também fomos conhecer Daiba, uma região que era meio abandonada nas […]

Domingo em Tóquio é dia de Harajuku com suas ruelas de comércio alternativo e cheio de brilho, quinquilharias, roupas e assessórios e muita paciência para acompanhar a linda mocinha. Shibuya e seus segredos como as “unhas” com manicure que parece saída de filmes futuristas. Dia de andar pelas avenidas, curtir […]

Andar pelas ruas de Quioto e de Nara já vale a visita ao Japão. Quioto é minha cidade, ao chegar lá a primeira vez fui tomado pelo mesmo sentimento que tive quando conheci São Paulo. Voltei agora e o amor por suas ruas, vielas e templos, aumentou, é algo inexplicável, […]

3

A viagem a Hiroshima se demonstra fundamental para reflexão sobre o horror das guerras, porém traz um sentimento de angústia, tristeza, que não é fácil de se recuperar. Voltamos assim, para Osaka, cancelamos a ida ao castelo de Himeji, apenas no fim do dia, em Dōtonbori nos recuperamos um pouco, […]

1

Nossa segunda “casa” nessa viagem ao Japão foi em Osaka, a belíssima cidade, que foi a última capital do império, antes de se estabelecer em Tóquio. Como dissemos antes, resolvemos ficar num hotel dentro da estação de Osaka, excelente em todos os sentidos: localização, conforto, beleza arquitetônica e ar de […]

Vamos em frente nas memórias sobre nossa segunda viagem ao Japão, uma espécie de “Crônicas do Japão“, volume II, 20 anos depois.  Aqui já foram publicados, nessa nova fase os textos:Japão: A Viagem em Números e Japão: Hotel, Transporte e Internet , Japão: Café, Comida, lanches., Japão: O que é Imperdível? Vol. I.  Esta segunda […]