“Achados felizes da loucura; a razão saudável nem sempre é tão brilhante” (Hamlet – W. Shakespeare) As palavras caem e aparecem na tela do computador e sem que precise de muitos esforços para sequencia-las, dando um sentido mais lógico, assim se revela meu método de fazer/escrever. Há estes momentos criativos […]

“Se não for sua intenção fazer aquilo que suas palavras demonstram, não me alimente com vãs esperanças” (Decameron – Giovanni Boccaccio) O vento sopra frio e entra pela janela do quarto/escritório, depois de mais um dia muito quente, o que confunde primavera com verão, nesse confuso tempo de São Paulo […]

Essa noite vi um grandioso filme, “Um homem de Sorte” (Lykke – Per) (Netflix), de Bille August, que retrata a Dinamarca do século XIX, rural, pobre e atrasada. Imediatamente me veio uma série de questionamentos sobre mim mesmo, minha trajetória, meus conflitos, minha personalidade errática, orgulho e vaidade, as conquistas […]

Como quem lucro anela noite e dia, Se acaso o tempo de perder lhe chega, Rebenta em pranto e triste se excrucia (Inferno – A Divina Comedia – Dante Alighieri) No meio de minha jornada, acossado por sentimentos contraditórios, de um lado pelas dores e dardos arremessados pelo cruel destino, […]

1

“I held the blade in trembling hands Prepared to make it but just then the phone rang I never had the nerve to make the final cut” (The Final Cut – Pink Floyd) Daqui uns 20 dias vencerá meu contrato de hospedagem do blog, depois de 11 anos, 1708 posts, […]

  “Eu vi coisas que vocês não imaginariam. Naves de ataque em chamas ao largo de Órion. Eu vi raios-c brilharem na escuridão próximos ao Portal de Tannhäuser. Todos esses momentos se perderão no tempo, como lágrimas na chuva. Hora de morrer.” (Blade Runner  – Lágrimas na chuva) Olho velhas […]

Um clássico se reconhece quando ele causa estranheza, quando se lê um livro, ou se assiste a uma peça, um filme, e vem aquela sensação de que levou um soco na barriga, que te causou um tremendo incômodo, de tão forte a avassalador que foi o contato com algo realmente […]

“Vida, vento, vela me leva daqui” (Mucuripe) Absorto, Em viagens pelas fronteiras do cérebro, da parca inteligência, perdido no tempo e no espaço, entre acordes de velhas e imortais canções, de noss ancentrais dinossauros do rock. Dali nada encontro, nem deveria. Apenas o vento que eventualmente sopra e refresca, nessa […]

“Perdida toda a sombra de esperança! Em vez de nós, expulsos, exilados, Criada já existe a prole humana, Prazer novo de Deus, e este amplo Mundo Para morada deleitosa dela” (Paraíso Perdido – John Milton) De alguma forma a humanidade sobreviveu de que foi expulsa do Paraíso pelo “pecado”, sendo […]

“Uno é o mito, mas não por se referir a uma só pessoa, como creem alguns, pois há muitos acontecimentos e infinitamente vários, respeitantes a um só indivíduo, entre os quais não é possível estabelecer unidade alguma.” (Ética a Nicomaco – Aristóteles) Bem antes da Pandemia um mau maior nos […]

“Se é agora, não vai ser depois; se não for depois, será agora; se não for agora, será a qualquer hora. Estar preparado é tudo” (Hamlet – W. Shakespeare) Despedida de uma semana em que a CLASSE continuou sendo massacrada pelo Kapital, ainda que nossas pinimbas aqui, nas redes (anti) […]

  “Se queres, amontoa em tua própria casa riquezas mil e vive com a magnificência de um rei; mas, se isso não te traz contentamento, eu não daria nem a sombra da fumaça por todo o resto, pois não há para os mortais nada que seja comparável ao prazer” (Antígona […]