“Que é mais nobre para a alma: suportar os dardos e arremessos do fado sempre adverso, ou armar-se contra um mar de desventuras e dar-lhes fim tentando resistir-lhes?” (Hamlet – Shakespeare) A Quarentena, o isolamento social, sem contatos próximos, foi imposto pelas circunstâncias especiais de absoluta necessidade de sobrevivência da […]

“Hoje só acredito no pulsar das minhas veias E aquela luz que havia, em cada ponto de partida Há muito me deixou” (Noturno – Graco/Caio Sílvio) As horas, os dias, as semanas e os meses vão passando, parecem lentos demais para mim, é como se naquele dia 18 de novembro […]

O momento do mundo se revestiu de complexidade por uma partícula, microscópica, um pequeno vírus, que passou a atormentar impérios e crenças de poder, ao mesmo tempo que alimenta ganância e corrida por mais controle sobre a vida ou morte das pessoas..O medo nos levará não à segurança, solidariedade, mas […]

“Ao verme que primeiro roeu as frias carnes do meu cadáver dedico com saudosa lembrança estas memórias” (Memórias póstumas de Brás Cubas – Machado de Assis) Com a Pandemia do Coronavírus, COVID-19, surge uma “esperança” de que essa possibilidade se concretize, afinal estou cansado de “promessas” de hecatombes, sem se […]

1

“Se fosse resolver Iria te dizer Foi minha agonia Se eu tentasse entender Por mais que eu me esforçasse Eu não conseguiria” (Agonia – Oswaldo Montenegro) Depois de um ano e quase quatro meses, desde a morte de Letícia, em 18 de novembro de 2018, nesses últimos dias temi a […]

1

Nenhum amor ou uma dor é maior do que a outra. Costumo ouvir, ler de que nenhum pai/mãe deveria enterrar um filho, concordo, sem dúvida, entretanto isso não me torna premiado ou que haja maior pesar, em relação a mim, todas as dores, são importantes, pois atingem cada um de […]

“Como o fora a princípio, ó sacra Onipotência, teu sol é hoje ainda enigma, assombro, encanto” (Fausto – Goethe) É bem certo que o tempo que me resta será menor do que o tempo já vivido, como também é inexorável que no tempo porvir, a saúde será mais debilitada do […]

1

Da nossa vida, em meio da jornada, Achei-me numa selva tenebrosa, Tendo perdido a verdadeira estrada. (Canto I – Divina Comédia – Dante) Esqueçam a piedade, isso não é uma busca de que se tenha dó ou comiseração, apenas se quer uma visão crítica e mais fiel do que somos. […]

Haja o que houver Eu estou aqui Haja o que houver Espero por ti Volta no vento O meu amor (Haja que houver – Madredeus) Eu não estou interessado em nenhuma teoria, em nenhuma fantasia, nem no algo mais, afinal ninguém sabe o que eu sofri, pois a saudade é […]

Raramente vivemos uma vida, quanto mais duas, ou as dores e prazeres de uma única, a maioria de nós muitas vezes apenas sobrevive: Quer seja por todas agruras próprias da existência e de nossas contradições, quer seja pelas mazelas impostas por condições econômicas, sociais e políticas, adversas. Mesmo os que […]

Há pequenas coisas da vida e do cotidiano que se tornam gigantes, quando da ausência, nessa imensa falta que a Letícia me faz, principalmente pela maturidade intelectual que ela tinha atingido, os gostos bem definidos, a capacidade de pensar e discutir, temas mais complexos, tudo nos aproximava muito. Outro dia […]

Por uma coincidência temporal, viver no mesmo espaço ou eventualmente encontrar, por absoluto acaso com grandes figuras de um época, é uma sorte única, para si, e algo corriqueiro para elas, a nós, nos toca profundamente, é razão para dividir com amigos, com conhecidos, quase uma conquista incrível, algumas são […]